segunda-feira, 7 de março de 2016


Todas as Mulheres

A todas as mulheres
Carmelitas, Almerindas, Marias,
Conceições, Creusas e Ritas...

Amarelas, brancas,
Negras, índias e mestiças
Gordas, magras, altas,
Baixas, feias e bonitas...

Informadas, alienadas,
Estudadas e analfabetas
Casadas, separadas, viúvas,
Amantes e solteiras...

A todas as mulheres
Que se viram nas noites
Que batalham os dias...

Que fazem história
Que geram vidas
Que somam vitórias...

Que vão à luta
Que descobrem o medo
Que ignoram preconceitos...

Que assumem seus desejos
Que têm coragem...

A todas essas mulheres
A honra
O reconhecimento
A flor da homenagem...


Poema de João Crispim Victorio
Extraído do livro: Poetas de Manguinhos (1997).
07 de março de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E.M. Medalhista Diego Hipólito Conversando Sobre Índio Poesias Indígenas na Escola Trabalho realizado com alunos do 9º Ano  ...